A partir do 20 de Março do 2020 e pelo Decreto 297/20 todo o pais ingreso num período de

isolamento social, preventivo e obrigatório.

¿Qué significa?

Você não pode sair da casa ou alojamento na cidade apenas para se fornecer dos artigos

essenciais como alimentos, artigos de limpeza e medicamentos.

Se você não cumpre as normas, comete um delito.


No caso de ter viajado para um pais onde o virus circula ou tiveste contato com

pessoa doente, você deve ficar por 14 dias isolado.

Se você tambem tiver algum dos sintomas, ligue gratis à 107.


Para mais informações, por favor envie um e-mail para turismo@buenosaires.gob.ar

La Nueva Andaluza

Uma boa opção para saborear um cafezinho e conversar com um amigo

No bar La Andaluza – antes sapataria do mesmo nome– algumas mesas na calçada, com suas respectivas sombrinhas, são uma boa opção para saborear um cafezinho e desfrutar de
uma conversa com um amigo, durante as amáveis tardes de outono, ou da companhia de uma “fémina” em uma estrelada e inspiradora noite de verão. Dali, ou de boa parte do salão, a visão em diagonal da Avenida San Martín adquire um marcado protagonismo.

O interior da La Nueva Andaluza tem dois setores diferenciados. O primeiro é o bar propriamente dito, com as paredes revestidas com cerâmicas esmaltadas cor de caramelo, com mesas e cadeiras, o balcão e um televisor, onde os moradores costumam assistir as partidas do Argentinos Juniors, o crédito futebolístico do bairro. Atrás da tela está a área de jogos, onde são disputadas intensas partidas de dominó onde jogam quatro veteranos e seis assistem, e um pouco mais atrás o orgulho do Café: suas três mesas de bilhar. O verde dos panos, as lâmpadas nas mesas e as taqueras nas paredes nos remetem, incrivelmente, às imagens pictóricas do grande Carlos Torrallardona.

Um relógio, propaganda do café Casa do Café, na parede acima das estantes entre garrafas, mostra o correr sigiloso das horas. O café com leite com “medialunas” (croissants) vai se transformando em uma cerveja e um sanduíche especial de presunto e queijo, que logo darão passagem a um café, talvez pingado, e novamente ao café com leite e três de “grasa” (gordura), café, talvez um pingado, e novamente ao café com leite os croissants "de grasa.” O copo de vinho, o vermouth, o cálice de genebra ou outra vez a cerveja, com um pratinho de amendoim vão fechando o ciclo de cada dia.

Em um cartazinho, atrás da barra (do balcão) se lê: “Bar. “Bebed con alegría”. “Amad con maestría, que de eso se trata la vida.” “Bem-vindos”
 
 

 

 

CAMARONES 1412

4586 0193

Pátio de los Lecheros

O Patio de los Lecheros foi a estação de trem na qual, durante anos, chegou a produção das leiterias do interior do país.

36 Billares

Um lugar emblemático da Buenos Aires do século XIX.

878

Se destaca por seu nutrido cardápio e seu prestígio de ser o pioneiro.

Angelín

Com pouca variedade de sabores e ótima fainá, funciona desde 1938.

Babieca

Um restaurante tradicional, bem concorrido pelo público LGBT à meia-noite.

Banchero

Seu nome se associa a criação da fugazzeta.

Bar de Cao

Este tradicional bar do bairro de San Cristóbal reabriu suas portas em 2005.

Bar del Hotel Alvear

Um lugar tradicional, elegante e distinguido de Buenos Aires.

Bar El Colonial

Este edifício conserva alguns ladrilhos da época colonial, feitos com barro e palha secados no forno.

Bar El Estaño

Este é um café e restaurante do bairro de La Boca desde 1880.

Bar El Federal

O edifício onde se encontra o El Federal, no coração do San Telmo, data do século XIX

Bar La Academia

Na Av. Callao está a única Academia da cidade que nunca fecha.