CCK

Um espaço moderno, amplo e diverso que conta com uma agenda cultural completa.

SARMIENTO 151

O CCK, antes denominado Centro Cultural Kirchner, é um espaço moderno, amplo e diverso dedicado às artes visuais e cênicas, à educação e demais manifestações artísticas. Tem mais de 100 mil metros quadrados e a relevância de um dos centros culturais mais importantes do mundo.

História

Durante a década de 1880, o então presidente Miguel Juárez Celman impulsionou a construção de um grande palácio para ser a sede central da Direção de Correios e Telégrafos.

O arquiteto francês Norbert-Auguste Maillart foi o responsável do projeto. A obra começou em 1911 e finalizou em 1928, ano em que foi inaugurado pelo então presidente Marcelo T. de Alvear. Já em 1997, o antigo Palácio e seu mobiliário foram declarados Monumento e Patrimônio Histórico Nacional.

A partir de 2009 fizeram reformas e valorização nas quatro fachadas e o interior do edifício para abrir suas portas como centro cultural em maio de 2015.

Atrações

Entre suas principais atrações se encontra La Ballena Azul (A Baleia Azul), uma sala de música sinfônica para 1.750 espectadores; uma Sala de Música de Câmara para 540 pessoas e; uma estrutura de envidraçada pendurada que parece ser uma Grande Lâmpada, sustentada por entrançados de vigas vierendeel. Os antigos escritórios se transformaram em espaços para projeções de vídeos, conferências e exposições. Além disso, há seis salas auditórios para mais de 100 espectadores.

Na cúpula, há um vidro facetado que junto a um sistema de luzes led se transformou um grande atrativo. Esta área conta com um cenário levadiço, bancos laterais de madeira pinoteia, luzes cênicas e um exclusivo sistema de refrigeração.

Curiosidades

Os mirantes do CCK foram o primeiro ponto panorâmico público de Buenos Aires e oferece uma das melhores vistas da cidade. Você também sabia que o Salão Eva Perón recria o escritório de despachos de Evita da década de 1940?

Veja a agenda cultural e visitas guiadas para conhecer este importante patrimônio da cidade.