A partir do 20 de Março do 2020 e pelo Decreto 297/20 todo o pais ingreso num período de

isolamento social, preventivo e obrigatório.

¿Qué significa?

Você não pode sair da casa ou alojamento na cidade apenas para se fornecer dos artigos

essenciais como alimentos, artigos de limpeza e medicamentos.

Se você não cumpre as normas, comete um delito.


No caso de ter viajado para um pais onde o virus circula ou tiveste contato com

pessoa doente, você deve ficar por 14 dias isolado.

Se você tambem tiver algum dos sintomas, ligue gratis à 107.


Para mais informações, por favor envie um e-mail para turismo@buenosaires.gob.ar

Bar El Estaño

Este é um café e restaurante do bairro de La Boca desde 1880.

Café e restaurante do bairro de La Boca desde 1880, ocupa o térreo de um edifício de dois andares na esquina das Ruas Aristóbulo del Valle e Hernandarias. Antes era a cantina Estrella del Sud, concorrida pelos trabalhadores portuários e pedreiros provenientes da “Casa Amarilla”. Conta-se que pouco tempo depois de inaugurado, o ex-presidente Domingo Faustino Sarmiento passou várias vezes pelo local, porque muito perto dali costumava visitar a uma de suas últimas namoradas.

Em 1939, o imigrante espanhol Manuel López e sua esposa Teresa Vicenta Novaro se instalaram no bairro de La Boca e se encarregaram do comércio. Começou a funcionar como armazém com venda de bebidas. Foi rebatizado de Don Lorenzo, local que junto com dona Vicenta passaram a fazer parte da vida cotidiana do bairro.

Por estes anos, a freguesia do local recebia diversos ícones argentinos. Entre eles, Segundo David Peralta, mais conhecido como o “Mate Cocido” ou o “bandido dos pobres”; o famoso “Charro” Moreno; os irmãos Prieto e Jorge E. Villarino, conhecido como o “rei da fuga”; entre outros.

Em 1976, Daniel Lorenzo López Novaro, filho dos antigos donos, passou a administrar o café. A partir de então, passou a se chamar “El Estaño 1880”. Um magnífico quadro de 3,50 metros, talvez o único nessas dimensões que ainda existe em Buenos Aires, preside o salão, ao redor de uma bela ambientação original.

Em seu salão foram filmados cenas de alguns filmes, entre eles: “Evita, Quien Quiere Oír Que Oiga” de Eduardo Mignogna, com Flavia Palmiero; “Eva Perón” de Juan Carlos Desanzo, protagonizada por Esther Goris e Víctor Laplace e; “El Sueño de los Héroes” de Sergio Renán. Além disso, diversas publicidades e cenas para série televisiva de Pepe Carvalho.

Em 21 de maio de 2009, a Sra. Alejandra Lorenzo se encarregou do local, realizando um magnífico trabalho de restauração de todas as instalações. O grande Benito Quinquela Martín, o pintor Eduardo Alonso Casellas (1917-2005), o escritor Rubén Rodríguez Ponziolo e o poeta Héctor Miguel Ángeli (1930), autor de “Voces del primer reloj” (Vozes do primeiro relógio), destacam-se entre os moradores que o frequentaram. O grande Beto Márcico aparece no Ferro, Toulouse e Boca, os escultores Leo Vinci e Marina Dogliotti, o ator Alberto de Mendoza, recordado protagonista do filme “El Jefe” (O Chefe de 1958) de Fernando Ayala e do êxito televisivo “El Rafa” (O Rafa de 1980), o escritor Martín Caparrós, e algumas vezes o importante Astor Piazzolla, também se aderiram à parceria do El Estaño, como continuam fazendo Martín Palermo, o maior goleador histórico do time de Boca Juniors e sua família.

Percorra pelo bairro de La Boca.

 

 

VALLE, ARISTOBULO DEL 1100

San Antonio

Seu segredo é que a massa sempre está recém sovada.

San Paolo

É surpreendente pelos ingredientes pouco convencionais para a pizza, como moela.

Santa María

Além da pizza, as sobremesas se destacam.

Siamo nel forno

Pizza italiana com ingredientes de grande qualidade.

Soria

Drinques frescos e um grande jardim com seu selo distinto.