A partir do 20 de Março do 2020 e pelo Decreto 297/20 todo o pais ingreso num período de

isolamento social, preventivo e obrigatório.

¿Qué significa?

Você não pode sair da casa ou alojamento na cidade apenas para se fornecer dos artigos

essenciais como alimentos, artigos de limpeza e medicamentos.

Se você não cumpre as normas, comete um delito.


No caso de ter viajado para um pais onde o virus circula ou tiveste contato com

pessoa doente, você deve ficar por 14 dias isolado.

Se você tambem tiver algum dos sintomas, ligue gratis à 107.


Para mais informações, por favor envie um e-mail para turismo@buenosaires.gob.ar

Museu Etnográfico Juan B. Ambrosetti

A maior parte de seu patrimônio corresponde ao Noroeste argentino (NOA) e à Patagônia.

Você também o encontrará em:

O Museu Etnográfico, criado em 1904 pela Faculdade de Filosofia e Letras da Universidade de Buenos Aires, está localizado em pleno recanto histórico da Cidade, a dois quarteirões da Praça de Mayo, em um edifício do século XIX. Neste espaço o visitante poderá encontrar coleções de arqueologia, etnografia e antropologia biológica. Seu maior atrativo é a área de antropologia biológica, que dispõe de aproximadamente 10.000 peças ósseas de indivíduos de diferentes povoados e alguns corpos mumificados. Também se destacam os materiais arqueológicos, a maioria provenientes da Patagônia e do Noroeste Argentino, e as cerâmicas e tecidos pré-colombianos andinos. As coleções etnográficas incluem objetos das sociedades indígenas da América do Norte, talhas africanas, um importante conjunto de peças da Oceania e algumas orientais. Além das exposições, realizam-se conferências e visitas guiadas. A entrada é um bônus-contribuição; aposentados e menores de 12 anos, professores e alunos da Faculdade de Filosofia e Letras da Universidade de Buenos Aires tem entrada franca.