A partir do 20 de Março do 2020 e pelo Decreto 297/20 todo o pais ingreso num período de

isolamento social, preventivo e obrigatório.

¿Qué significa?

Você não pode sair da casa ou alojamento na cidade apenas para se fornecer dos artigos

essenciais como alimentos, artigos de limpeza e medicamentos.

Se você não cumpre as normas, comete um delito.


No caso de ter viajado para um pais onde o virus circula ou tiveste contato com

pessoa doente, você deve ficar por 14 dias isolado.

Se você tambem tiver algum dos sintomas, ligue gratis à 107.


Para mais informações, por favor envie um e-mail para turismo@buenosaires.gob.ar

Museu Casa Carlos Gardel

A casa onde morou o cantor Carlos Gardel é hoje um Museu.

Você também o encontrará em:

Balvanera

A casa onde morou o mítico cantor Carlos Gardel, em seus últimos anos de vida em Buenos Aires, é hoje um museu que vale a pena ser visitado, para conhecer mais sobre um dos maiores artistas argentinos de todos os tempos. Um dos símbolos mais representativos da Cidade, a tal ponto que é comum em Buenos Aires comparar com Gardel a todo aquele que se destaca em sua atividade. Em 1927 comprou para sua mãe Berta uma casa típica da primeira metade do século XX, localizada na zona do Abasto, no bairro Balvanera e ali morou com ela até 1933, quando abandonou o país pela última vez, em uma turnê que o levaria até Medellín, Colômbia, onde faleceu em um acidente aviatório em 1935.

Embora Gardel tenha nascido no estrangeiro, ainda se discute se foi em 1890 em Toulouse, França, ou em 1887 em Tacuarembó, no Uruguay. Chegou pequeno com sua mãe a Buenos Aires e foi criado no mesmo bairro onde se encontra o museu. Em sua carreira não só cantou tangos, más também, foi protagonista de vários filmes na América Latina, Europa e Estados Unidos. Seus restos descansam no cemitério do bairro Chacarita, onde sua sepultura pode ser visitada. O museu, que depende do Governo da Cidade, conta com uma coleção de objetos pessoais do artista e exemplos de sua obra. 

 

JAURES, JEAN 735