Igreja de Santa Felicitas

É a única igreja de Buenos Aires com estátuas seculares.

Você também o encontrará em:

Barracas

Felicitas Guerrero era uma viúva jovem e abastada, considerada uma das mulheres mais belas de Buenos Aires. Em 1872 foi assassinada por pretendente desiludido, “dandi” Enrique Ocampo, tio das escritoras Victoria e Silvina. Em memória de sua filha, os pais de Felicitas levantaram este templo em 1875, segundo um projeto do arquiteto Ernesto Bunge. O edifício é de estilo eclético com influência gótica. É a única igreja de Buenos Aires com estátuas seculares, esculpidas em mármore de Carrara, representam a Felicitas junto a seus filhos e seu esposo, Martín de Álzaga, neto do proprietário destes terrenos nos tempos da Colônia.