A partir do 20 de Março do 2020 e pelo Decreto 297/20 todo o pais ingreso num período de

isolamento social, preventivo e obrigatório.

¿Qué significa?

Você não pode sair da casa ou alojamento na cidade apenas para se fornecer dos artigos

essenciais como alimentos, artigos de limpeza e medicamentos.

Se você não cumpre as normas, comete um delito.


No caso de ter viajado para um pais onde o virus circula ou tiveste contato com

pessoa doente, você deve ficar por 14 dias isolado.

Se você tambem tiver algum dos sintomas, ligue gratis à 107.


Para mais informações, por favor envie um e-mail para turismo@buenosaires.gob.ar

Casa Mínima

Foi parte de uma morada da segunda década do século XIX.

Você também o encontrará em:

Com apenas 2,50 metros de frente, a esta casa, que foi parte de uma moradia da segunda década do século XIX se conhece como a mais estreita da Cidade. Apresenta uma fachada simples, composta de uma porta de duas folhas com as aberturas pintadas de verde e, na planta alta, uma pequena sacada com barras de ferro.

Estas casas eram para os escravos libertos, aos quais seus amos lhes davam um pequeno espaço para levantar suas moradias, contiguas à propriedade deles. A casa da Passagem San Lorenzo, a única deste tipo que se preserva em Buenos Aires, mede 2,50 metros de largura e 13 metros de profundidade. A construção é da segunda década do século XIX e se trata de espaço residual que ficou depois das sucessivas reformas de edificação sofridas pelo quarteirão. A Casa Mínima é conhecida também pelo mito que rondou em torno dela. Acreditava-se que tinha residido ali um escravo liberto, ao qual seu amo tinha doado o terreno para que edifique sua moradia. Por muito tempo foi chamada pelos portenhos a “Casa do Escravo Liberto".