16:00h | A tardinha em San Telmo

Você também o encontrará em:

Saímos de La Boca, mas continuamos na zona sul da cidade. Barracas e San Telmo também nos remetem às origens de Buenos Aires. Passamos pelo Parque Lezama, onde está o Museo Histórico Nacional, que tem esse nome porque o atual museu foi a casa da rica família Lezama. 

Esta praça de Barracas foi um lugar destacado na cultura popular: Ernesto Sábato a escolheu como cenário de uma das suas novelas e foi nela que Jorge Luis Borges declarou seu amor a outra escritora, Estela Canto. Conta com esculturas e monumentos que decoram o espaço verde que tanto agrada aos moradores do bairro.

Uma boa opção é caminhar pela Av. Caseros e sua variedade de bares e restaurantes, que conservam a estética do lugar. Outra dica é conhecer a Plaza Dorrego,  já em San Telmo, onde acontece a famosa “Feria de San Telmo” todos os domingos.

Outras atrações: Museu de Arte Moderno (MAMBA) e o Museu de Arte Contemporânea de Buenos Aires (MACBA). 

Visitas guiadas:

Todas as terças-feiras às 15:00h acontecem as visitas guiadas gratuitas por San Telmo, organizadas pelo Ente de Turismo da Cidade.


Continuando:

Na esquina da Rua e da Av. Caseros pegamos o ônibus da linha 39, que em 40 minutos nos deixa em nosso próximo destino: a Praça Cortázar (popularmente conhecida como Praça Serrano)

 
 
« Anterior | Seguinte »
 

BRASIL AV. y PASEO COLON AV.