A partir do 20 de Março do 2020 e pelo Decreto 297/20 todo o pais ingreso num período de

isolamento social, preventivo e obrigatório.

¿Qué significa?

Você não pode sair da casa ou alojamento na cidade apenas para se fornecer dos artigos

essenciais como alimentos, artigos de limpeza e medicamentos.

Se você não cumpre as normas, comete um delito.


No caso de ter viajado para um pais onde o virus circula ou tiveste contato com

pessoa doente, você deve ficar por 14 dias isolado.

Se você tambem tiver algum dos sintomas, ligue gratis à 107.


Para mais informações, por favor envie um e-mail para turismo@buenosaires.gob.ar

O sabor da gastronomia portenha
Em Buenos Aires você vai encontrar pratos típicos e comidas do mundo todo. Conheça seus sabores!

Em Buenos Aires você vai encontrar pratos típicos e comidas do mundo todo, conheça seus sabores!

A cozinha do Rio de la Plata possui a essência dos imigrantes que povoaram Buenos Aires no século XIX e enriqueceram o cardápio “criollo” com receitas da Espanha, Itália, Alemanha e da incrível cozinha andina dos países vizinhos. Alguns dos polos gastronômicos são PalermoPuerto Madero, Las Cañitas, Recoleta e San Telmo, bairros onde podemos encontrar os dez restaurantes presentes na lista “Latin America’s 50 Best Restaurants 2016”, além de muitas outras opções.

Pizza à la portenha

“A la piedra” (na pedra, massa fina), “al molde” (na forma, massa grossa) ou “a la parrilla” (na grelha), seja qual for a opção, todo cidadão argentino adora pizza. Popularizada pelos imigrantes italianos do final do século XIX, com o passar dos anos foi ganhando uma forma autenticamente portenha. Os portenhos gostam da pizza de qualquer jeito, mas particularmente a “al molde” e com a massa bem alta, com muito queijo e se tiver pimentões, presunto, verduras e cebola, melhor ainda. Um pouco de orégano, azeitonas e missão cumprida, tudo pronto para comer uma zapi (contrário de pizza, carinhosamente chamada) com os amigos.

Os mercados orgânicos vieram para ficar

Como parte de seu amplo leque de opções gastronômicas, Buenos Aires também oferece mercados e armazéns de produtos saudáveis e orgânicos, localizados ao longo de seus muitos bairros. Todos os anos, feiras em datas fixas também são organizadas, como a BA Market, dedicadas à promoção dos produtos de estação.

A coquetelaria, uma arte em ascensão

Há já alguns anos os bares mais sofisticados e seus bartenders com drinks gourmets, conhecidos como “de autor”, são uma tendência na Cidade. Os mais destacados estão em Palermo, Retiro e Recoleta; suas propostas são as mesmas da coquetelaria internacional e, em alguns casos, surpreendem com toques originais de ingredientes locais.

Nos últimos anos, uma enorme quantidade de cervejarias foi inaugurada nos bairros de Palermo, San Telmo, Caballito e Recoleta. O cardápio preferido é um chope artesanal gelado acompanhado de uma bandeja de batatas fritas com queijo e bacon. Seguindo a mesma linha, outra moda são os galpões, que antes foram oficinas mecânicas e hoje são bares cool e cheios de charme.

Buenos Aires, seus Bares Notáveis e uma viagem ao passado

Em Buenos Aires encontramos mais de 70 Bares Notáveis. São muito mais do que uma lista de lugares, porque na verdade representam a importância da tradição e o respeito dado aos costumes na sociedade portenha. São representativos porque estão vinculados à história viva de sua gente, porque contribuíram em alguns feitos históricos relevantes, muitos deles reconhecidos como “Patrimônio Cultural da Cidade de Buenos Aires”, ou por terem seu desenho arquitetônico muito bem conservado.

Por sua história e reconhecimento social, os três Bares Notáveis mais conhecidos são o La Biela, o Bar El Federal e o Café Tortoni. Por este último, de fato, passaram figuras importantes como Carlos Gardel, Federico García Lorca, Quinquela Martín e a poeta Alfonsina Storni.

12 de Octubre (Bar de Roberto)

Existe desde o final do século XIX como armazém.

1893

Tem um cardápio com 31 variedades de pizzas.

36 Billares

Um lugar emblemático da Buenos Aires do século XIX.

878

Se destaca por seu nutrido cardápio e seu prestígio de ser o pioneiro.

Angelín

Com pouca variedade de sabores e ótima fainá, funciona desde 1938.

Artesano Bar (Alvear Art Hotel)

O cardápio oferece propostas inovadoras em coquetéis e culinária.

Banchero

Seu nome se associa a criação da fugazzeta.

Bar Britânico

Este mítico bar que abriu em 1928 deve seu nome aos ex-combatentes ingleses.

Bar de Cao

Este tradicional bar do bairro de San Cristóbal reabriu suas portas em 2005.

Bar del Hotel Alvear

Um lugar tradicional, elegante e distinguido de Buenos Aires.

Bar El Colonial

Este edifício conserva alguns ladrilhos da época colonial, feitos com barro e palha secados no forno.

Bar El Estaño

Este é um café e restaurante do bairro de La Boca desde 1880.