A partir do 20 de Março do 2020 e pelo Decreto 297/20 todo o pais ingreso num período de

isolamento social, preventivo e obrigatório.

¿Qué significa?

Você não pode sair da casa ou alojamento na cidade apenas para se fornecer dos artigos

essenciais como alimentos, artigos de limpeza e medicamentos.

Se você não cumpre as normas, comete um delito.


No caso de ter viajado para um pais onde o virus circula ou tiveste contato com

pessoa doente, você deve ficar por 14 dias isolado.

Se você tambem tiver algum dos sintomas, ligue gratis à 107.


Para mais informações, por favor envie um e-mail para turismo@buenosaires.gob.ar

A criatividade repleta nas regiões não oficiais de Palermo
Por ser o maior bairro de Buenos Aires, Palermo conta com algumas divisões e características que o tornam imperdível.

Palermo, o maior bairro de Buenos Aires, ao longo dos anos recebeu diversos nomes não-oficiais pelas diferentes propostas de suas zonas. Porém, a criatividade portenha está estampada nas diferentes nomenclaturas e, é claro, nem todas são aceitas pelo público. As ofertas diversificadas dos “Palermos” refletem em opções turísticas para todos os gostos. Conheça um pouco de sua história e não deixe de visitar os imperdíveis de cada um deles.

De Palermo Viejo para Soho e Hollywood

Palermo

Provavelmente a zona mais badalada do bairro chamada de Palermo Viejo abriga duas regiões distintas que se mesclam ao caminhar por suas ruas: a Soho de um lado, com lojas de designers independentes, galerias de arte e livrarias, igual ao bairro homônimo da grande maçã estadunidense e; a Hollywood do outro, com produtoras de multimídia, televisões e cinema, por isso a referência ao distrito de Los Angeles. O que ambas tem em comum é a rica proposta gastronômica que oferecem. O Soho também é conhecido como “Hot” ou “Medio”, enquanto que o Hollywood já foi apelidado de Bagdá, pelo cantor argentino Charly García.

Diante de tanta inovação, qual é o viejo (velho) desse lugar? As antigas casas baixas mostram as características e a história de Buenos Aires que ainda perduram e se misturam com o ecletismo impresso em suas ruas. De alto teor artístico, Palermo Soho é carimbada por arte urbana, inclusive conta com uma visita guiada exclusiva. A Praça Cortázar (antiga Praça Serrano) é o epicentro da atividade gastronômica e noturna. Entretanto, percorrer as ruas ao redor não deixa a desejar ainda mais com suas lojas de moda e vitrines que refletem a criatividade de seus designers. Por outro lado, Palermo Hollywood também conta com bares e restaurantes de jovens chefs que optaram em se instalar na zona. Se você estiver por perto no final de semana, também não perca as feiras de artesanato!

O requinte de Palermo Botánico, Chico e Alto Palermo

Palermo

O que Palermo Botánico, Chico e Alto Palermo têm em comum é o seu distinto requinte. O primeiro, como o nome indica está localizado ao redor do Jardim Botânico e é diferenciado especialmente por causa deste oásis em pleno bairro. Da mesma maneira, Palermo Chico tem uma história similar a este espaço verde, pois também é uma das criações de Carlos Thays de 1912, que contêm suas próprias características com as suas ruas arborizadas e prédios rebuscados. Porém, esta área nobre não é somente para sentir-se em outro século, senão conta com diversas propostas como museus, galerias de arte, monumentos e passeios ao ar livre. Por fim, Alto Palermo é uma região que se destaca por suas lojas de marca ao longo da Av. Santa Fe e o shopping que tem o mesmo nome.

Ao percorrer as ruas de Palermo Chico, os imperdíveis são: o Museu de Arte Latino-Americana (MALBA), que conta com uma das coleções mais importantes do continente; o Museu de Arte Popular José Hernández que demonstra toda a tradição crioula e; o Museu Nacional de Arte Decorativa que tem um acervo de esculturas dos mais renomados artistas do ramo. Aproveite para caminhar por esses “Palermos” que mesclam natureza, cultura e história.

A mistura das zonas de Las Cañitas, Palermo Pacífico e Palermo Nuevo

Palermo

As zonas de Las Cañitas, Palermo Pacífico e Palermo Nuevo se mesclam entre suas ruas e demonstram uma proposta turística tranquila de dia e agito a noite. Para começar, a primeira região tem uma rica história por ter sido uma fazenda com o mesmo nome. Esta região também era conhecida como “La Imprenta”, por causa da antiga gráfica perto do Hipódromo. Hoje, esta zona conta com opções de compras e lazer desportivo como o polo e o golfe. Entretanto, há diversos bares e restaurantes à noite com distintas propostas gastronômicas.

Por outro lado, a região denominada de Palermo Pacífico se destaca pela ponte com o mesmo nome e é um local que conecta as diferentes regiões. Finalmente, Palermo Nuevo está localizado ao lado dos bosques e como o nome indica conta com empreendimentos novos e luxuosos, lojas de jóias de designers próprios e delicatessens. Não perca os diversos bares e restaurante com suas variadas propostas gastronômicas que essa mescla de regiões tem para oferecer!

Curiosidades dos nomes de Palermo 

Palermo

Por mais que mencionamos as principais zonas que existem em Palermo, as divisões e nomenclaturas não param por ai. Para começar, a região conhecida de Palermo Vivo é onde a Casa Joven se encontra dentro do Rosedal e perto do Jardim Japonês. Você sabia que também há Palermo Sensible ou Villa Freud? Trata-se de uma região onde durante muitos anos se instalaram diversas clínicas de psicólogos e psiquiatras. Nessa região também há o Palermo Sentimental, nome de um antigo armazém ali perto que queria se diferenciar.

Por questões imobiliárias queriam expandir Palermo, mais especificamente para dois bairros vizinhos que rejeitaram completamente a “palermização”. O primeiro seria uma parte de Villa Crespo que se chamaria de Palermo Queens, por estar do outro lado da Av. Córdoba e contar com diversas lojas de outlets.  O outro é uma região de Chacarita que se chamaria de Palermo Dead (morto) ou Chacalermo por estar perto do cemitério homônimo. Como se Palermo não fosse grande o suficiente. Entretanto, temos certeza que a inventividade portenha em relação à Palermo continuará com o decorrer dos anos, então se você ouvir uma nomenclatura nova, não se surpreenda!

Convidamos você para conhecer o itinerário tradicional do bairro de Palermo e os bairros emblemáticos!