Como ser um bom asador
O asado para nós é um ritual, uma desculpa para nos juntarmos e aproveitar de inúmeras estórias. Porém, nada disso seria possível sem a imensurável contribuição de nosso querido asador, ou churrasqueiro. Esperamos que com este tutorial você tome coragem e ganhe o aplauso de todos os convidados

O asado para nós é um ritual, uma desculpa para nos juntarmos e aproveitar de inúmeras estórias. Porém, nada disso seria possível sem a imensurável contribuição de nosso querido asador, ou churrasqueiro. Esperamos que com este tutorial você tome coragem e ganhe o aplauso de todos os convidado.

1. Materiais.

#asado

Uma garrafa, papel, galhos pequenos, lenha de madeira dura, atiçador, pá pequena, churrasqueira e… carne e/ou verduras para assar.

2. Armar e acender.

#asado

Por mais que haja várias técnicas para começar o fogo para um asado (tantas quanto a quantidade de asadores), recomendamos usar o método do "vulcão", já que garante certo sucesso até para churrasqueiros de primeira viagem.

Com o papel inteiro (geralmente de jornais antigos) fazer tiras enroladas. Sobre a superfície onde você irá apoiar a churrasqueira, coloque a garrafa e forme um anel com as tiras de papel em seu redor até conseguir uma altura de aproximadamente 20 cm. Cubra esses anéis em sentido vertical com galhos pequenos, formando uma espécie de pirâmide com a garrafa. Logo, coloque os troncos mais largos da lenha sobre os galhos pequenos (respeitando o mesmo sentido). Por último, retire a garrafa com cuidado para não derrubar a estrutura.

Seu vulcão já está pronto! Jogue um fósforo aceso no centro, abra uma garrafa de vinho, se sirva uma taça e contemple o início do fogo.

3. As brasas: como preparar a parrilla e não "ficar curto"com o fogo.

#asado

Quando há uma boa quantidade de brasa (carvões vermelhos vivos com um leve contorno acinzentado), reparta-a debaixo da grelha da parrilla. É sempre recomendável reservar um pouco de fogo de um lado e agregar uns troncos de lenha, caso você necessite um pouco mais de brasa logo. .

4. Meça a temperatura ao estilo de um local.

#asado

Para ter a sua parrilla na temperatura que você precisa para a sua receita, você pode usar o método da palma da mão. O mesmo consiste em colocar a mão aberta sobre as brasas na altura da parrilla de onde você vai assar e ver quanto tempo você pode mantê-la sem se queimar. Se guie pela seguinte escala:

- Entre 1 e 2 segundos: Calor intenso / Fogo forte  (170º/200º C - 340º/390º F).
- Entre 3 e 4 segundos: Calor médio / Fogo moderado (120º/170º C - 250º/340º F).
- Entre 5 e 8 segundos: Calor baixo / Fogo suave (90º/120º C - 195º/250º F).

5. Aproveite como um portenho.

#asado

A medida que você vai tirando a comida da parrilla, corte-a sobre uma tábua de madeira grande em porções que podem ser comidas como petisco. A mesa está servida. O autêntico asado se serve com pratos e talheres e se aproveita ao lado da parrilla.

#DICAS

  • Esquente a parrilla com fogo forte e limpe com um papel de jornal ou uma escova antes de colocar os alimentos.
  • Geralmente assamos carne, mas é possível assar frutas e verduras também. Experimente! Recomendamos provar com um abacaxi. ;)
  • Regra geral: corte fino, fogo + forte ≠ corte grosso, fogo + suave.
  • No caso da carne, conservar o suco interior é essencial para um resultado de sucesso. Para isso é recomendável selar a peça de todos os lados com fogo forte em um primeiro momento e nunca espetá-la até que fique pronta.
  • Para conseguir resultados ótimos, salgar a carne com sal grosso depois de tê-la selado.
  • Uma vez dominada a técnica de assar, é possível experimentar colocando temperos ou pedaços de madeiras não resinosas sobre as brasas durante o cozimento para conseguir sabores defumados.

#asado #pasion #vino #cerveza #amigos #campeonatofederaldelasado #chimichurri