A partir do 20 de Março do 2020 e pelo Decreto 297/20 todo o pais ingreso num período de

isolamento social, preventivo e obrigatório.

¿Qué significa?

Você não pode sair da casa ou alojamento na cidade apenas para se fornecer dos artigos

essenciais como alimentos, artigos de limpeza e medicamentos.

Se você não cumpre as normas, comete um delito.


No caso de ter viajado para um pais onde o virus circula ou tiveste contato com

pessoa doente, você deve ficar por 14 dias isolado.

Se você tambem tiver algum dos sintomas, ligue gratis à 107.


Para mais informações, por favor envie um e-mail para turismo@buenosaires.gob.ar

Cinema, literatura e música
Buenos Aires é sempre uma aventura.

Fiel retrato de uma cultura cosmopolita, descobrir a Cidade de Buenos Aires pode ser uma grande aventura. É um imenso e colorido centro urbano, onde a arte transborda por todos os lados, numa explosão simultânea de cultura de vanguarda e tradição na medida certa. Turistas do mundo inteiro passeiam pelas ruas que viram os grandes artistas e autores do teatro, do cinema e da literatura nacional nascer, conhecendo a vida noturna, os museus e lugares emblemáticos desta metrópole.

Hoje é reconhecidamente um dos destinos turísticos mais populares do mundo e está no ranking "Top 10 das Cidades" mais fotografadas.

Cinema

A Cidade conta com um amplo leque de ofertas de cinema, desde salas tradicionais em importantes centros comerciais e shoppings, até auto-cines (cinemas que se para com o carro ou é possível ir a pé e levar a própria cadeira) em grandes parques, centros culturais e festivais de vanguarda de cinema independente. 

Anualmente, o Ministério de Cultura portenho organiza o “Buenos Aires Festival Internacional de Cinema” (BAFICI), um evento de trajetória indiscutível, no qual são projetados filmes do circuito underground, geralmente com baixos custos de produção, que de outro modo não chegariam aos amadores. Além disso, as crianças podem desfrutar do BAFICI Animado, realizado especialmente para os pequenos, com os melhores expoentes do gênero.

Planetario Galileo Galilei oferece, no verão, espetáculos audiovisuais de divulgação astronômica e auto-cine. O Museu de Arte Latino Americana de Buenos Aires (MALBA) se destaca por seus filmes cultos e, o Centro Cultural Recoleta, por seus ciclos de consciência ecológica e social.

Também, interessantíssimas projeções acontecem no Museu do Cinema Pablo Ducrós Hicken, na Praça Estado do Vaticano, no inovador Distrito Audiovisual, no majestoso Anfiteatro do Parque Centenario e nas salas do Espacio INCAA.

Por outro lado, existem grandes cinemas de rede nos shoppings ou centros comerciais, como o CinemarkHoytsVillage Cines e Multiplex.

Literatura

A cidade viu nascer e crescer ícones da literatura argentina que marcaram gerações inteiras: Jorge Luis Borges, Mujica Láinez, José Hernández, Roberto Arlt, Rodolfo Walsh, Victoria e Silvina Ocampo, Alfonsina Storni, Ernesto Sábato, Julio Cortázar e muitos outros. 

As conversas literárias nos Bares Notáveis se tornaram clássicos da noite portenha para os escritores e poetas. Estes cafés se transformaram em pontos imperdíveis de encontro da Cidade, tanto por sua arquitetura quanto por sua história, sendo "bunkers" de debate de personagens que deixaram suas pegadas na história literária e artística universal.

A Feira Internacional do Livro de Buenos Aires é visitada por mais de um milhão de pessoas por ano. Autógrafos de livros e palestras de renomados intelectuais, jornadas profissionais para os diferentes atores da indústria editorial, espetáculos artísticos e atividades recreativas para todas as idades são algumas das atividades que a Feira oferece.

A Noite das Livrarias é outro grande acontecimento. Uma noite ao ano, as míticas livrarias dispersas ao longo da Avenida Corrientes, entre a Avenida Callao e a Rua Talcahuano, tomam conta da Cidade até a meia noite, com recitais originais à luz do luar e apresentações de livros nos bares próximos.

No bairro Monserrat, o Passeio das Histórias em Quadrinhos homenageia os personagens das histórias em quadrinhos mais populares da Argentina, como Mafalda, Isidoro Cañones, Larguirucho, Matías,Clemente, Patoruzito, Gaturro, entre outros.

Além disso, a Cidade conta com uma rede de bibliotecas em diversos bairros da cidade, bem como Clubes de Leitura, destinados ao intercâmbio de experiências e opiniões sobre os mais variados tesouros da literatura. Finalmente, podem-se encontrar múltiplas feiras de livros usados com postos em diversos pontos da metrópole.

Música

A cidade conta com uma excelente agenda musical nos Bares Notáveis, anfiteatros, centros culturais e teatros, onde o público pode desfrutar ao ritmo do tango, jazz, blues, rock, pop, eletrônica, clássica, salsa, cumbia e muito mais. Múltiplos espaços da Cidade oferecem shows de bandas consagradas e novos grupos, que têm propostas tradicionais ou originais fusões de clássicos com diversos estilos. 

Alguns dos cenários mais importantes são o Teatro Colón, máximo coliseu lírico latino americano e um dos mais importantes do mundo, o Centro Cultural San Martín, a Usina del Arte, o Edifício de la Munich e muitos outros. Além disso, os shows de rua ao longo da Rua Florida, no bairro de San Telmo, na Praça Francia e nos meios de transporte urbano já formam um clássico portenho.

O tango é motivo de visita de milhares de turistas, que desejam conhecer suas influências urbanas e sociais. Declarado Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade pela UNESCO, pode ser aproveitado nas Casas de Tango e cafés por toda a cidade. É possível vivenciar a adrenalina desta dança sensual e ousada e aprender a dançá-la em belíssimos espetáculos de circuitos “milongueros” e espaços destinados às aulas, junto ao 2x4 de Carlos Gardel, Aníbal Troilo e Astor Piazzolla ou ao compasso de modernas interpretações todas as noites.

Uma vez ao ano acontece o Campeonato de Baile da Cidade. Nesta competição são escolhidos os melhores bailarinos para representar a Rainha do Rio da Prata no Festival Mundial de Tango, num evento que ganha cada vez mais espaço e reconhecimento.

Também já é famoso mundialmente o Festival Internacional Buenos Aires Jazz, no qual se apresentam os mais reconhecidos artistas do circuito de jazz internacional e músicos locais de trajetória global, dividindo o cenário com novos intérpretes vanguardistas, gerando encontros espontâneos e de experimentação, que aumentam ainda mais a qualidade destes shows.

No Parque da Cidade funciona um prédio inaugurado em setembro de 2013, pelo Governo da Cidade, chamado Ciudad del Rock (Cidade do Rock), cenário de shows que podem ser assistidos  por até 90 mil pessoas. Finalmente, o Festival  Ciudad Emergente é um festival de música e cultura rock que explora as novas expressões artísticas de jovens criadores.