A partir do 20 de Março do 2020 e pelo Decreto 297/20 todo o pais ingreso num período de

isolamento social, preventivo e obrigatório.

¿Qué significa?

Você não pode sair da casa ou alojamento na cidade apenas para se fornecer dos artigos

essenciais como alimentos, artigos de limpeza e medicamentos.

Se você não cumpre as normas, comete um delito.


No caso de ter viajado para um pais onde o virus circula ou tiveste contato com

pessoa doente, você deve ficar por 14 dias isolado.

Se você tambem tiver algum dos sintomas, ligue gratis à 107.


Para mais informações, por favor envie um e-mail para turismo@buenosaires.gob.ar

6 selfies que você tem que tirar em Buenos Aires
Na era do Instagram, não há nenhum outro melhor souvenir do que um feed cheio de fotos de suas viagens.

Uma visita a Buenos Aires significa ter experiências extraordinárias e conhecer pessoas novas. Você precisará de muita memória livre no celular para recordar os momentos posteriormente - e para também ter provas das suas aventuras e mostrar quando voltar para casa. Aqui estão somente seis fotos que você mesmo tem que tirar. Temos certeza de que você terá mais ideias.

1) Ganhe um abraço da mão de deus

Viajar é totalmente sobre construir pontes e para um britânico (e brasileiro) isso significa colocar as rixas de lado enquanto abraça a mão de deus - do lendário número 10 da Argentina, exatamente há alguns metros de seu querido time, o Boca Juniors!... Bem, quase isso. Escolástico Berto Méndez é um excepcional cover de Diego Maradona - ele até tem a mesma idade e segue os diferentes looks do atacante. Depois de ter representado o próprio homem em shows de TV e comerciais, Escolástico pode ser encontrado, na maioria dos dias, tirando fotos no Caminito de La Boca. 

2) Mostrando seus movimentos de dança em uma milonga

Você precisa de prova senão ninguém vai acreditar que você saiu pra pista e deu alguns passos da dança mais sofisticada do mundo no seu próprio lugar de nascimento, em uma das milongas mais concorridas, danças sociais tradicionais acontecem na cidade todas as noites. Só seja rápido e escolha os filtros depois, pois o par atrás de você não vai ficar impressionado se você ficar empacando a pista de dança por muito tempo durante uma tanda de sua orquestra favorita!

3) Batendo um papo com Borges e Bioy Casares

Buenos Aires não é somente para beber e dançar. A cidade também tem o seu lado refinado e intelectual sendo o berço de muitos escritores renomados do século XX e o centro para a cultura do café. Entre para pedir um cafezinho e conversar com os famosos escritores literários Jorge Luis Borges e Adolfo Bioy Casares em sua mesa regular no elegante antigo café La Biela na Recoleta.

4) Interagindo com a paisagem da cidade

É hora de ficarmos criativos. Buenos Aires oferece muitas telas de arte, incentivando a arquitetura eclética junto com artistas de rua de primeira classe. Vá em um safari de arte urbana no bairro de Coghlan e veja qual tipo de vida selvagem você consegue ver (preste atenção para encontrar o pavão de Ren, o leopardo de Maese Warrior e o rinoceronte de Ice) e aproveite para ficar tão criativo como os artistas que são responsáveis por eles. Só tome cuidado! 

5) Experimentando Fernet e Cola

Vamos falar de um sabor adquirido! Descrito por uma publicação local em inglês como, “sendo um tapa na cara enquanto você chupa uma pastilha para garganta”, (“being smacked in the face while sucking on a Ricola cough drop”), o Fernet é uma mescla botânica amarga com dezenas de ervas. Originalmente inventada na Itália no meio do século XIX, a bebida se tornou extraordinariamente, outros diriam bizarramente popular na Argentina, onde misturado com cola é a bebida escolhida das festas.

6) Tome um mate com seus novos amigos

Talvez a maior atração de Buenos Aires seja as suas pessoas. Os portenhos são divertidos, abertos, receptivos e conversam com todo mundo. Se você estiver brigando com um mapa na rua, metade das pessoas irão parar para te dar indicações e as chances são que em algum momento da sua estadia, você será convidado para participar de um dos rituais favoritos da Argentina - tomar um mate. A bebida amarga é preparada em um círculo comunal e dividida em grupo, estórias são contadas e amizades são feitas.

 

* Texto originalmente escrito por um turista inglês.